Dessa vez não deu pro Brasil, mas isso não quer dizer que a final do campeonato futebolístico mais importante do mundo seja menos emocionante. Após muito treino, dedicação, e luta, duas equipes vão ter a chance de jogar pelo direito de levantar a taça. São elas: França e Croácia.

Para alimentar a curiosidade da nossa torcida, separamos algumas curiosidades sobre os finalistas:

Curiosidades França

  • 1º Título

O primeiro título dos franceses na competição aconteceu em 1998 quando o time, liderado por Zinedine Zidane, venceu a seleção brasileira por 3×0. Com jogadores promissores como Trezeguet e Henry, e craques veteranos como Blanc e Zidane, a seleção francesa provou que o Brasil de Ronaldo não tinha chance e teria de esperar mais quatro anos pelo próximo título.

  • Seleção que vale ouro

Nesta edição da Copa, o time francês tem o potencial valor de mercado chegando a 1 bilhão 410 milhões de Euros, conquistando o posto de seleção mais cara da competição. Logo em seguida estão as seleções da Inglaterra (1 bi e 390 mi) e do Brasil (1 bi e 2170 mi).

  • Nem sempre um goleador

O atacante Kylian Mbappé é a jovem sensação francesa que vêm liderando o time à Final. No entanto, fazer gols nem sempre foi seu forte. No início de sua carreira, Mbappé jogava como lateral direito, até a mudança que alavancou sua carreira.

Curiosidades Croácia

  • Começando com o pé direito

A primeira aparição da Croácia no torneio aconteceu na França em 1998. A estreia tardia é justificada pelo fato de a Croácia ter sido parte da antiga Iugoslávia até o ano de 1991. Curiosamente, os croatas conquistaram o 3º lugar logo de primeira, no que até ontem era a melhor campanha da história do país.

  • Torcida de poder.

A auto-proclamada torcedora nº1 da seleção é a própria presidente do País. Após assumir o cargo em fevereiro de 2015, Kolinda Grabar-Kitarovic se tornou a primeira mulher presidente na história do país. Desde então, faz questão de assistir a todos os jogos da seleção e torcer com muito entusiasmo.

  • Goleiro de ponta

Um dos destaques da Croácia na Copa tem sido o goleiro Danijel Subasic. Aos 33 anos e com 1,91m de altura, o defensor do gol croata mantém uma carreira consistente no time pelo qual joga desde 2012, o Monaco. Graças a sua eficiência, Subasic foi eleito o melhor goleiro do ano na temporada 2016/2017 do campeonato francês.

Comentários desativados em A Copa tá chegando ao final!